Menu
Segunda, 20 de Agosto de 2018
eleições 2018
DEM dá sinais de aliança com PSDB e pode indicar vice de Azambuja
Em Corumbá, Murilo disse que o partido pode indicar vice de Azambuja

Murilo e Teixeira conversam com lideranças em Corumbá - Foto: Reprodução / Facebook
Em Corumbá, o DEM deu sinais claros de alinhamento com o PSDB, para as eleições ao governo do Estado, durante encontro no sábado. Essa sinalização partiu do presidente regional do partido, ex-prefeito de Dourados Murilo Zauith, quando admitiu a possibilidade de formalizar essa aliança em apoio à reeleição do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Em troca, ele chegou a dizer que o DEM poderá indicar o vice. 

"Eu e Reinaldo temos uma relação muito boa na política. Tenho certeza de que teremos um cargo majoritário nesse processo", afirmou. E não é só o PSDB que está de olho no DEM. O ex-governador e pré-candidato André Puccinelli (MDB) também ofereceu a vaga de vice a Murilo. Mas as conversas não avançaram tanto quanto as negociações com o PSDB.

A deputada federal Tereza Cristina, andrezista, nunca escondeu o interesse por uma aliança com o MDB. Mas, diante da divisão de opinião no partido, ela defendeu candidatura própria ao governo do Estado. Essa ideia, no entanto, perdeu força durante o encontro do partido em Corumbá, com a declaração de Murilo sinalizando aliança com PSDB. 



facebook googleplus pinterest twitter