Menu
Terça , 25 de Setembro de 2018
Fátima do Sul
Ronaldo do Lanche solicita 'kit pavimentação' que reduz até 40% os gastos com asfalto
"Kit Pavimentação" é composto de um caminhão toco, um rolo compactador liso, um rolo compactador pé de carneiro, um espargidor de seis mil litros e um distribuidor agregado.

Vereador Ronaldo do Lanche apresentou requerimento e solicitando 'Kit Pavimentação' para o município de Fátima do Sul (Foto: Ribero Júniro / Arquivo)
O vereador Ronaldo do Lanche, do partido Democratas apresentou na sessão da última terça-feira (12), requerimento 51/2018, solicitando a mesa diretora da Câmara de vereadores, que encaminhasse copia do presente requerimento a deputada Federal Tereza Cristina e ao Superintendente da SUDECO em Mato Grosso do Sul, Marcos Henrique Derzi, solicitando que viabilizem para o Município de Fátima do Sul um Kit pavimentação.

O "Kit Pavimentação" é composto de um caminhão toco, um rolo compactador liso, um rolo compactador pé de carneiro, um espargidor de seis mil litros e um distribuidor agregado.
Segundo Ronaldo, o "Kit Pavimentação" foi apresentado recentemente a 25 prefeitos de Mato Grosso do Sul pela Superintendência de Desenvolvimento do Centro Oeste. O projeto prevê que as prefeituras produzissem o próprio asfalto, trazendo economia de até 40% nos custos.

Ainda conforme o vereador, o kit pavimentação funciona como uma miniusina, capaz de pavimentar e recuperar trechos de estradas e ruas da via urbana das cidades. Ronaldo lembrou que o ex-prefeito Júnior Vasconcelos (PSDB) usou um projeto parecido em sua gestão, reabrindo uma antiga Fábrica de asfalto existente na secretaria municipal, porém na época faltava os maquinários para que o projeto fosse completo.

Rolo pé de carneiro faz parte do Kit Pavimentação proposto pela SUDECO (Foto: Divulgação)
"Esse kit pavimento seria ideal para nossa cidade, pois poderíamos pavimentar e recuperar diversas ruas do município com uma economia de 40% ou até mais. O ex-prefeito Júnior conseguiu pavimentar diversas ruas da cidade com massa asfaltica produzida pela própria secretária de obras, porém na época faltavam os equipamentos necessários. Com a aquisição desse kit, Fátima do Sul receberia os equipamentos necessários e poderia asfaltar e recuperar as ruas da cidade, gerando economia para os cofres públicos, sem precisar realizar licitações e contratações de empresas para executarem esses trabalhos" - comentou o parlamentar.

Sem Interesse
Segundo o diretor-executivo da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), José Domingues Ramos, conhecido como Zé Cabelo, é impossível saber se os prefeitos municipais demonstraram interesse pelo projeto. Em dois contatos com a Assomasul, ninguém teria pedido informações detalhadas sobre o kit.

Prefeituras podem ter de 30% a 40% de economia com Kit Pavimentação, indica Sudeco(Foto: Franklin Ribeiro )
Em rápida pesquisa, consta que somente o prefeito Valdir Sartor (MDB), de Deodápolis, foi a Brasília solicitar os benefícios oferecidos pelo órgão, que também viabiliza aquisição de um caminhão compactador de lixo. 

No modelo tradicional, considerado mais caro e demorado, as prefeituras têm de abrir processo licitatório para a contratação de empreiteiras. Também, como é preciso dar lucro a empresa contratada, o serviço fica mais caro.

Problemas
Nos estações mais chuvosas do ano, buracos nas vias viram uma verdadeira epidemia. Danos à suspensão dos veículos são inevitáveis, além de acidentes graves. Em março deste ano, motorista de um caminhão, de 29 anos, se acidentou e morreu na MS-157 entre Itaporã e Maracaju. Um dos pneus teria estourado após passar em um buraco, o que fez a vítima perder o controle do veículo e tombar.



facebook googleplus pinterest twitter