Menu
Terça , 17 de Julho de 2018
CONSUMIDOR
Gasolina e diesel mantém preços estáveis em Dourados
Diesel se mantém estável após queda em valor, no mês passado

Após alterações no preço médio, a gasolina e o diesel mantiveram estáveis os custos por litro em Dourados. O levantamento é da ANP (Agência Nacional de Petróleo). Ambos tiveram diferenciação em torno de apenas R$ 0,01 na semana de 24 de junho a 30 de junho, pesquisa mais recente.

A gasolina tem valor médio atual em R$ 4,568. O custo levantado na pesquisa de 17 a 23 de junho era de R$ 4,572. Na primeira quinzena do mês o mesmo havia ficado em R$ 4,61.

Já o valor médio atual do diesel figura em R$ 3,597. Os dados de 17 a 23 de junho apontavam R$ 3,589. Na primeira semana do mês, o custo do produto era R$ 3,831 e de 10 a 16 de junho, de R$ 3,749.

O valor do diesel teve queda de R$ 0,49 em Dourados, após a greve dos caminhoneiros. Conforme mostrado pelo Dourados News, a situação ocorreu por conta da redução das alíquotas do Pis/Cofins e Cide zeradas e o ICMS reduzido em 5% no Estado.

Já a gasolina havia apresentado alta após os manifestos.

Conforme mostrado pelo Dourados News, no início de junho, o produto tinha subido 12% se comparado com o levantamento anterior a mobilização.

A pesquisa apontava que o valor médio da gasolina encontrado entre 10 postos de combustível era de R$ 4,23 entre 13/05 e 19/05. Na próxima semana [20/05 a 26/05] não houve coletas de dados por escassez do combustível nos postos, porém, no período de [27/05 a 02/06], dois estabelecimentos com abastecimento normalizado registravam preço médio de R$ 4,75.

Atualmente a gasolina é comercializada no município com preço mínimo de R$ 4,39 e máximo de R$ 4,65, conforme a pesquisa recente.

Ainda conforme pesquisa da ANP, a variação no caso do diesel atualmente é de R$ 3,39 a 3,69.

Dentre os sete municípios pesquisados em Mato Grosso do Sul, o valor médio mais alto da gasolina é encontrado em Três Lagoas, sendo R$ 4,60. O mais baixo registrado é de R$ 4,30 na Capital. 

Na média nacional, houve baixa nos preços médios entre as semanas, de 0,88%, de R$ 4,538 para R$ 4,498.




facebook googleplus pinterest twitter