Menu
Quinta, 19 de Julho de 2018
Itaporã
Homem é baleado e outro preso após troca de tiros com a PM
Paulo Sérgio Dias dos Santos foi atingido durante a fuga.

(Foto: Itaporã News)
Na madrugada desta quarta-feira (16), por volta das 1h25, à Polícia Militar de Itaporã em rondas no bairro Vila União deparou-se com veículo Blazer, cor prata, vindo a dar ordem de parada ao condutor, que ao ver a viatura não obedeceu e empreendeu fuga, sendo feito acompanhamento por diversas ruas.

Próximo à lanchonete Barão Vermelho o condutor veio a dar um cavalo de pau e parou o veículo na transversal da via, onde realizou disparos contra a PM que revidou. Novamente o condutor empreendeu fuga saindo em alta velocidade e adentrou em um milharal.

O condutor após sair do milharal foi seguido pela PM, porém o perderam de vista, em seguida foi encontrado o veículo abandonado, onde pode ser observado que estavam no veículo ao menos duas pessoas, sendo que no banco direito do motorista havia manchas de sangue, constatando que alguém poderia ter sido atingindo.

Durante as buscas foi localizado a pessoa A.J.M, que informou a PM que seria proprietário do veículo e havia sido vítima de roubo, questionado sobre o número de indivíduos, o mesmo disse que eram dois e que um deles havia sido baleado. No veículo foi encontrado um revólver calibre 32, municiado com seis munições, sendo três deflagradas e três intactas, A.J.M informou não ser proprietário da arma.

Por volta das 2h40 a PM recebeu a informação que o ocupante do veículo seria a pessoa de Paulo Sérgio Dias dos Santos (vulgo lasquinha) de 33 anos, e que este estaria baleado. A PM foi até a residência do denunciado, onde foi encontrado o mesmo apresentando ferimentos de arma de fogo, indagado sobre o que havia ocorrido este afirmou que estava junto com A.J.M fazendo uso de drogas, próximo ao cemitério da Vila União, e que ao avistar a viatura empreenderam fuga.

Paulo negou ter realizado disparos e disse que não havia outra pessoa como eles, e ainda afirmou ter sido alvejado durante a fuga. De imediato a PM encaminhou o mesmo ao hospital local, onde foi encaminhado com urgência para o Hospital da Vida em Dourados.

Paulo segue no Hospital em Dourados, com escolta policial. Ele será autuado por porte ilegal de arma de fogo e disparos de arma de fogo. A.J.M. foi citado como testemunha do caso.



facebook googleplus pinterest twitter