Menu
Segunda, 20 de Agosto de 2018
política
Delcídio vai a festa após convenção do PDT e diz que ainda analisa cena política
Delcídio explicou que além da amizade com Dagoberto, reconhece o que chamou de 'grande trabalho' prestado pelo deputado ao MS.

Ex-senador disse que é tempo de curtir absolvição (Foto: Marcos Ermínio)
Logo após a convenção estadual do PDT, que aconteceu na manhã deste sábado (21), a cúpula do partido se reuniu em um espaço de eventos na Capital para comemorar o aniversário do deputado federal Dagoberto Nogueira. Entre os presentes, o ex-senador Delcídio do Amaral (PTC), que evitou falar sobre as próximas eleições.

Delcídio explicou que além da amizade com Dagoberto, reconhece o que chamou de 'grande trabalho' prestado pelo deputado a Mato Grosso do Sul.

"É um dever esar aqui, um gesto de gratidão. Em tudo que passei, o Dagoberto sempre esteve do meu lado", argumentou o ex-senador, que foi aparteado pelo deputado. "Ele está aqui porque é meu amigo", interrompeu o pedetista.

Política
Apesar de ser apontado pelo proprio partido como provavel candidato ao Senado, Delcídio evitou falar de política, limitou-se a dizer que ainda está 'curtindo a absolvição', e que ainda analisa possibilidade de disputar a eleição de outubro.

Delcídio também evitou comentar sobre a prisão do ex-governador André Puccinelli (MDB), mas declarou que fica 'chateado' com situação, e destacou que já enfrentou situação semelhante.

"Às vezes uma situação de  fraqueza pode significar força la na frente, e às vezes a força hoje pode significar fraqueza amanhã", disparou. Para ele, eventuais desdobramentos da prisão de André podem interferir no cenário político regional.



facebook googleplus pinterest twitter